Um dos benefícios mais marcantes do marketing digital é a possibilidade de trabalhar com os mecanismos de busca.

Com a mudança nos hábitos de consumo dos clientes, é preciso garantir que a sua empresa utilize técnicas de SEO Google para conseguir um bom posicionamento, melhorando o rendimento das suas estratégias online e aumentando os resultados orgânicos.

Você sabe o que é e quais são as técnicas de SEO para melhorar o seu posicionamento no Google? Separamos algumas alternativas neste artigo. Confira!

O que é SEO

O SEO (Search Engine Optimization) é um conjunto de estratégias e técnicas que ajudam a melhorar os resultados das suas páginas nos sites de busca.

Essas estratégias têm como objetivo reforçar o posicionamento do site, trabalhando palavras-chave, experiência do usuário e relevância, que garantirão os melhores resultados e, possivelmente, o aumento de cliques orgânicos e conversões.

5 técnicas de SEO On Page

As técnicas de SEO podem ser dividas entre SEO On Page e SEO Off Page. Os dois grupos têm pontos relevantes e que fazem toda a diferença para melhorar seus resultados.

Começaremos falando sobre o SEO On Page.

1. Atente-se ao título da página

O título da página é definido pela title tag (<title>), é um dos fatores mais importantes de se trabalhar em uma página.

Garanta que ele está de acordo com o objetivo do seu site e que trabalhe a palavra-chave do seu negócio.

É o título da página que vai ajudar os mecanismos de busca a entenderem do que se trata o seu site, que tipo de conteúdo esperar das suas páginas e quais palavras-chave são o seu foco.

2. Fique de olho nas meta tags

Após cuidar do título da página, é necessário cuidar também da meta description e das meta keywords. Nesses campos você vai trabalhar a descrição das suas páginas e a palavra-chave foco daquele conteúdo.

É preciso, nesse momento, criar uma meta description única, criativa e que seja diretamente relacionada ao conteúdo que está sendo trabalhado naquela página. Afinal, é essa descrição que fará a diferença quando o usuário for escolher, entre os resultados de busca, em qual deles clicar.

3. Tome cuidado com as heading tags

As heading tags, do H1 ao H6, foram criadas para auxiliar nos destaques do seu conteúdo e, por consequência, melhorar a leitura dos usuários e dos mecanismos de busca.

Elas ajudam a separar, de forma simples e prática, os intertítulos do seu conteúdo, deixando-o mais organizado e intuitivo.

O fator escaneabilidade é muito relevante nas otimizações de SEO, e por isso o cuidado com as heading tags se torna fundamental.

4. Não se esqueça das palavras-chave no conteúdo e nas URLs

As palavras-chave precisam ser consideradas tanto ao longo do conteúdo quanto nas URLs do seu site.

Dessa forma, é importante que essas palavras-chave reflitam o tema que está sendo trabalhado em cada página e sejam distribuídas ao longo do conteúdo, sem torná-lo desgastante ou repetitivo.

Mais uma vez, a palavra-chave vai ajudar os mecanismos de busca a identificarem os temas abordados nos conteúdos, facilitando a entrega para os usuários.

5. Não se esqueça do atributo ALT e das tags de imagem

Um dos erros mais comuns cometidos pelas empresas é ignorar as imagens na otimização de sites. Para que você evite esse erro, é fundamental focar na classe ALT e nas tags de imagem, trabalhando a descrição desses itens.

Esse cuidado permitirá que o Google identifique do que se tratam as imagens das suas páginas, oferecendo-as também nos resultados de busca.

4 técnicas de SEO Off Page

As técnicas de SEO Off Page, como o próprio nome diz, são ações focadas em detalhes fora da estrutura das páginas do seu site.

Juntas às ações On Page, sua estratégia de SEO fica muito mais completa e elaborada.

Os links de entrada são também conhecidos como inbound links. Tratam-se de links que outros sites utilizam para apontar para o seu site.

Em determinado momento, acreditava-se que quanto mais links, melhor. No entanto, com as atualizações do algoritmo, a quantidade não é o ponto principal: é preciso que esses links tenham qualidade. Isso interfere diretamente na relevância do seu site por parte dos mecanismos de busca.

2. Fique de olho na popularidade do seu site

Além de ter bons links de entrada, é interessante que o seu site tenha uma grande diversidade de domínios, também relevantes, para que seu site seja visto como “popular” pelo Google.

A diversidade de links ajuda a mostrar que o seu site é relevante, tem informações importantes e pode ser interessante para o usuário. Dessa forma, é possível que suas páginas ganhem prioridade nos resultados de busca, conquistando as melhores posições no ranqueamento.

3. Preste atenção no relacionamento de conteúdos

Os conteúdos vão ajudar você a melhorar os resultados do seu site. Para que esses números sejam cada vez melhores, é preciso analisar o conteúdo linkado ao conteúdo linkante.

Isso significa observar se o seu material está sendo linkado a um conteúdo que realmente faz sentido e condiz com a realidade do seu mercado.

Isso é importante porque, além de quantidade de links e diferentes domínios, é preciso que esses links façam sentido para os seus conteúdos linkados, garantindo mais relevância.

Considerando a quantidade, a qualidade e a relevância dos links, é preciso acompanhar essa métrica.

Aqui, você vai mensurar quantos links por mês são conquistados, de onde eles estão vindo, se o link faz sentido com o conteúdo linkado e muito mais.

O interessante é tentar manter a aquisição de links organicamente, pois se não acontecer de forma singela, o Google pode identificar como manipulação.

3 técnicas de SEO para Google avançadas

Além das técnicas On e Off Page, existem estratégias avançadas de SEO que podem ser aplicadas nas suas páginas.

A primeira delas é a atenção ao link building. Como falamos anteriormente, os links são muito importantes e precisam ser avaliados.

Quando estiver criando a sua rotina de avaliação e links, certifique-se da quantidade e da qualidade dos links que você recebe, bem como da qualidade do conteúdo que está sendo linkado.

Também é interessante analisar quais são os sites mais importantes para que você tenha um backlink. Após criar essa lista, faça um trabalho de relacionamento com essas páginas e tente conquistar essas referências.

2. Mantenha a atualização de conteúdos

Outro ponto fundamental é atualizar os conteúdos, fazendo com que os materiais fiquem cada vez mais completos.

Analise suas páginas e veja as possibilidades de melhoria em cada um dos conteúdos.

Nesse momento, é possível:

  • enriquecer o conteúdo;
  • melhorar a densidade das palavras-chave;
  • trabalhar com sinônimos da palavra-chave;
  • acrescentar imagens e vídeos;
  • fazer testes com títulos e intertítulos.

O que garante o bom desempenho dessa ação é manter uma rotina de mensuração para saber qual mudança no material gerou mais resultados e acompanhar a performance dos seus conteúdos e das páginas.

3. Não se esqueça da experiência do usuário

A experiência do usuário é uma prioridade para o Google, e por isso a empresa também precisa fazer dela sua prioridade.

Garanta que:

  • o tempo de carregamento das suas páginas seja o menor possível;
  • que a formatação do conteúdo seja agradável para a leitura;
  • que o conteúdo seja interessante e relevante;
  • que a navegação no seu site seja intuitiva.

Trabalhar com técnicas de SEO Google é fundamental para garantir a melhoria dos seus resultados e a conquista de cada vez mais visitantes orgânicos e conversões em venda.

Os mecanismos de busca não são vilões: o foco deles é o usuário, e eles apresentam nos resultados de busca aqueles sites que mais se aproximam de suas necessidades.

O que você está executando hoje para melhorar o seu posicionamento? Conte-nos nos comentários!