Enquanto as keywords head tail são expressões mais genéricas para um determinado tema — costumam ser o que as pessoas digitam ao iniciar uma busca —, a palavra-chave long tail é aquela que os usuários utilizam para buscas mais específicas, formando frases mais extensas de consulta.

Conquistar as primeiras posições nos resultados de busca do Google exige, entre outras medidas, um bom trabalho de produção de conteúdo e pesquisa de palavras-chave. Nesse sentido, em um primeiro momento, pode parecer interessante usar termos abrangentes. Contudo, o ideal é investir na chamada palavra-chave long tail.

Neste post, vamos explicar exatamente o que é esse tipo de keyword e qual é a sua utilidade dentro de uma estratégia de marketing de conteúdo. Confira!

O que é uma palavra-chave long tail?

Expressões mais genéricas para um determinado tema costumam ser o que os usuários digitam ao iniciar uma busca. São conhecidas como palavras-chave head tail, apresentando grande volume de buscas e bastante concorrência.

Já as keywords específicas têm uma enorme variedade, oferecendo pouca concorrência, o que compensa a demanda mais baixa. Essas são as palavras-chave long tail.

Esses nomes vêm do conceito de cauda longa — “long tail” em inglês. Quando aplicado às buscas, constitui um gráfico em que os termos mais abrangentes estão no princípio da cauda (parte azul) e os mais particulares se prolongam ao longo de uma porção considerável da curva (parte vermelha).

Como exemplo, para um blog que trata sobre marketing digital, um termo head tail seria “SEO”, enquanto uma expressão long tail seria “estratégias de SEO para microempresários”.

Qual é a utilidade desse tipo de keyword?

Sem dúvida, as palavras-chave head tail devem fazer parte da sua estratégia, devido às possibilidades de tráfego que o alto volume de buscas é capaz de trazer. No entanto, é importante considerar que será muito difícil ranquear para esses termos quando sites de grande autoridade já estiverem ocupando as primeiras posições.

Assim, a palavra-chave long tail se apresenta como uma ótima oportunidade para aumentar as suas chances de se posicionar bem nos resultados de busca. Mesmo que o volume de pesquisas seja menor, devemos levar em conta que a concorrência também é pequena, e as chances de aparecer entre os primeiros serão maiores.

Como escolher a palavra-chave long tail de maior potencial?

Agora que você já sabe o que são e para o que servem essas keywords, vamos ver como escolher as melhores para integrar o seu conteúdo.

Uma das maneiras mais práticas é utilizar o próprio Google. Basta digitar um termo head tail no campo de busca que o recurso autocompletar dará algumas sugestões. Teste variações da expressão e registre as palavras-chave mais interessantes que aparecerem.

Outra alternativa é usar ferramentas como a AnswerThePublic.com, que acaba tendo um funcionamento similar. Você só precisa escolher o idioma do mercado em que atua e inserir uma palavra-chave head tail. O sistema vai retornar uma série de resultados, dos quais certamente é possível encontrar boas keywords long tail.

Para se ter uma ideia, algumas das sugestões para o termo “estratégias de SEO” foram:

  • estratégias de seo para melhorar o posicionamento orgânico;
  • estratégias de seo local;
  • estratégias de seo para campanhas digitais;
  • exemplos de estratégias de seo;
  • estratégias de seo para marketing de conteúdo.

Vale lembrar que a seleção da palavra-chave long tail deve ser seguida da produção de conteúdos de qualidade. Portanto, entenda bem as dúvidas e problemas pelos quais o seu público passa, invista em materiais dedicados a apresentar soluções e acompanhe seus resultados. Um bom trabalho nesse sentido tem excelentes condições de alcançar o topo dos resultados de busca.

E aí, gostou do nosso artigo? Então ajude a espalhar essas informações para seus amigos e familiares. Compartilhe o post nas suas redes sociais!