A última palestra do evento Google for Brasil trouxe dados reveladores sobre a presença do maior motor de busca do mundo por aqui. E como aparecer no Google é prioridade para 10 entre 10 empresas online, toda essa corrida acaba se justificando. Hoje, 139 milhões de brasileiros estão conectados, compondo a segunda maior audiência do mundo no YouTube e no app Waze.

Estamos ainda entre os cinco maiores mercados mundiais, só considerando o motor de busca e recursos como Maps, Chromecast e Google Fotos. Tudo isso resulta em cerca de R$ 37 bilhões gerados em receitas para a Alphabet, a holding que controla o buscador. Diante de tamanho crescimento, fica difícil prosperar estando fora dos resultados de busca, certo?

Na sequência, veja o que fazer para chegar mais rapidamente à primeira página das pesquisas, seja investindo em presença digital, seja pegando “atalhos”. Acompanhe atentamente!

1. Crie uma estratégia de SEO

SEO é a sigla para Search Engine Optimization, ou Otimização para Motores de Busca, em português. Portanto, sites que contam com uma estratégia direcionada para ter destaque nos resultados de busca naturalmente aparecem nas primeiras posições.

De acordo com a compilação feita pela Inteligência Rock Content, 69,3% das empresas adotam, hoje, pelo menos uma estratégia de SEO. Ou seja, quase 7 em cada 10 negócios estão bolando formas de se destacar nos resultados orgânicos de buscas. Logo, ficar de fora desse grupo é um tremendo tiro no pé.

2. Invista em mídia paga

Tendo em mente que leva um certo tempo para que seu site se destaque e que aparecer no Google exige investimento em longo prazo, considere também a possibilidade de fazer anúncios. A plataforma AdWords, nesse aspecto, garante posições de destaque de forma instantânea.

Desde que seu orçamento e palavras-chave sejam relevantes o bastante, é garantida a exposição da sua marca nos primeiros resultados pagos. Isso inclui a rede de pesquisa, em que seus anúncios são vistos como parte do SERP, e a rede de display. Nesta última, os anúncios são exibidos em sites da rede AdSense.

3. Tenha um perfil no Google Meu Negócio

A geolocalização também vem ganhando destaque e grande relevância como critério para aparecer nas melhores posições do Google. Para isso, uma alternativa gratuita e muito fácil de configurar é criar um site na plataforma Google Meu Negócio.

Você garante, de quebra, posições melhores nas pesquisas dentro do Maps,  de acordo com a intenção de busca, facilitando ainda mais a localização física da sua empresa.

4. Publique conteúdo regularmente

O marketing de conteúdo é o formato ideal para ganhar posições de destaque na busca orgânica, em virtude de os algoritmos do Google privilegiarem informação útil. Quanto mais relevante for o seu site em termos de solução de problemas, mais facilmente ele será notado.

Isso quer dizer que sua empresa precisará abastecer um blog, no qual artigos, e-books, vídeos e outros formatos digitais deverão ser desenvolvidos e publicados. E para não restar dúvida, a já mencionada compilação da Rock Content mostra que 84,7% das empresas que usam SEO contam com essa modalidade de marketing pela web.

Tal como aparecer no Google, os bons resultados exigem tempo e uma dose de paciência para serem percebidos. Em contrapartida, quando seu site começar a se destacar, seus objetivos serão alcançados muito mais facilmente.

Achou o artigo útil? Compartilhe-o agora em suas redes sociais!