A busca semântica é uma das estratégias mais atuais e interessantes do SEO.

Os mecanismos de busca focam na experiência do usuário e na qualidade de conteúdo, e é nesse momento que esse cuidado se torna necessário.

Quando pensamos nas palavras-chave utilizadas nos artigos, é comum encontrarmos materiais que saturam a qualidade do texto pela quantidade repetitiva desses termos.

Com a busca semântica, esse desgaste não acontece: ela ajudará a manter o texto mais leve e fluido, garantindo que o usuário consiga manter uma boa leitura.

Quer aprender mais sobre busca semântica e quais são suas aplicações para suas estratégias de marketing?

Continue a leitura!

O que é a busca semântica?

A busca semântica ajuda a melhorar a precisão dos resultados que serão exibidos em uma pesquisa nos mecanismos de busca, considerando a intenção do usuário.

Quando fazemos uma busca nos mecanismos como o Google, é comum mantermos salvos os históricos de navegação e pesquisa, o que faz com que o site entenda cada vez mais quais são seus interesses e que tipo de resultados você espera ao fazer uma pesquisa.

Sendo assim, esses comportamentos ajudam a entender quais são os contextos em que as pesquisas são feitas, de forma que não só a palavra-chave seja levada em consideração, como também seus sinônimos.

Isso torna o processo de pesquisa por parte do usuário (e de produção de conteúdo por parte da empresa) muito mais interessante, além de otimizado às necessidades e objetivos do seu público.

Como funciona na prática?

Agora que você entende o conceito, é hora de descobrir como a busca semântica funciona no dia a dia.

Um exemplo claro é a questão dos sinônimos. Ao fazer uma pesquisa pela palavra-chave “Floripa”, o mecanismo de busca entende que a sua intenção é encontrar informações sobre “Florianópolis”, pois esse é um sinônimo, e exibe os resultados mais relevantes para essa pesquisa.

Uma outra aplicação prática da busca semântica são os resultados diretamente na SERP.

Quando você pesquisa, por exemplo, pelo tamanho da Torre Eiffel ou a temperatura em uma determinada região, não é necessário entrar em uma outra página para ver o resultado: o próprio Google disponibiliza essa informação diretamente no mecanismo de busca. Interessante, né?

A ideia é garantir que o usuário tenha a melhor experiência possível durante todo o seu processo de pesquisa, encontrando resultados mais relevantes e respostas mais diretas ao que está buscando naquele momento.

Qual é a importância dela para o SEO?

O SEO, Search Engine Optimization, é um conjunto de ações que auxiliam no posicionamento das páginas nos mecanismos de busca.

Quando pensamos na busca semântica, o SEO é o caminho para incrementar essa estratégia na sua rotina de marketing.

Ao realizar uma pesquisa de palavras-chave, por exemplo, para criar um conteúdo, considere sempre os seus sinônimos ao longo do texto, garantindo que essas expressões também estejam presentes para auxiliar o usuário e os mecanismos de busca.

Além disso, para empresas que já estão investindo em SEO e produção de conteúdo, o enriquecimento desses materiais se torna fundamental.

Analise seus textos, veja quais materiais possuem maior potencial, quais são mais estratégicos, e atualize esses conteúdos. Garanta que eles respondam às dúvidas do seu público e incremente com os sinônimos, mais uma vez, para facilitar o processo de busca e garantir que sua página esteja entre os resultados exibidos pelo Google.

Mantenha sempre as suas estratégias de SEO On Page bem estruturadas, garantindo um código HTML limpo, sempre atualizado e com marcações de dados bem-feitas.

Não se esqueça de trabalhar também a classe ALT, meta tags e outros detalhes dentro do seu conteúdo.

Quais são as vantagens?

O investimento em busca semântica pode ajudar as empresas a conquistarem números e resultados diferenciados.

Um conteúdo bem escrito e bem formulado ajuda a melhorar o ranqueamento das suas páginas, aumentando o número de visitas orgânicas e de possíveis conversões.

Junto a isso, também temos a melhora do relacionamento entre a sua empresa e os possíveis clientes, que agora entendem seu negócio como uma referência de mercado.

Com conteúdos de qualidade e bem posicionados, sua empresa pode ser vista como autoridade no assunto, aumentando seu alcance e relevância de mercado.

Como usar a busca semântica para produzir conteúdos?

Para colocar a busca semântica em ação, é preciso ter mais atenção aos conteúdos produzidos e como esses materiais podem ser elaborados.

Além dos cuidados básicos na produção do texto, é preciso garantir que durante a pesquisa de palavras-chave, os sinônimos daquelas que foram estrategicamente escolhidas também sejam trabalhados, aumentando a qualidade do que você está produzindo.

Acompanhe mais algumas dicas de como aplicar a busca semântica na produção dos seus conteúdos.

1. Produza materiais de qualidade

Ao começar a produção de conteúdo, garanta que esse material é de qualidade. Invista em um texto rico, bem estruturado, que possua informações e argumentos relevantes.

Sempre que possível, garanta um material enriquecido, com fotos, vídeos, tabelas e outros detalhes que podem deixar o seu conteúdo muito mais atrativo.

E, claro, garanta que os sinônimos das palavras-chave sejam utilizados, mantendo o conteúdo fluido e leve durante a leitura.

2. Garanta que seus conteúdos respondam às dúvidas do seu público

Ter um conteúdo relevante significa criar materiais que respondam às dúvidas do seu público.

Entenda quem são suas personas, descubra quais são suas maiores dúvidas e dificuldades, e trabalhe essas questões nos seus conteúdos.

O ideal é garantir que todos os materiais produzidos estejam focados nas personas da sua empresa, respondendo suas dúvidas, educando o mercado e aumentando as suas chances de ranqueamento.

Quanto mais otimizado o seu material for, maiores são as chances de ele se apresentar nas melhores posições nos mecanismos de busca.

3. Acompanhe as palavras-chave

Um ponto muito relevante para a busca semântica e todo o seu potencial é ter cuidado e visão estratégica durante a busca de palavras-chave para a produção de conteúdo.

Quando estiver criando a sua lista de termos mais relevantes e interessantes para o seu negócio, garanta uma parte no documento para incluir aqueles sinônimos que valem a pena serem trabalhados ao longo do conteúdo, garantindo que seu usuário consiga um resultado mais acertado durante a busca.

Entender a busca semântica e todo o seu potencial para as estratégias de marketing certamente vai ajudar sua empresa a conquistar melhores resultados.

O foco deve ser sempre no usuário, garantindo que todo o esforço de comunicação seja para atender suas necessidades, responder suas dúvidas e melhorar sua experiência durante a navegação.

Este conteúdo foi útil para você e pode ajudar outras pessoas que investem em marketing? Compartilhe nas redes sociais e nos marque por lá!