Se a sua empresa já trabalha com marketing digital, a sua equipe provavelmente já ouviu falar ou até mesmo pensou em anunciar no Google, não é mesmo? Mas você sabe como esses anúncios funcionam ou de que forma colocar esse tipo de campanha no ar?

Pensando em te ajudar com essas questões, neste artigo explicamos tudo o que você precisa saber sobre o assunto, apontando um passo a passo bem completo do que fazer na prática para criar bons anúncios no Google. Continue a leitura e confira!

O que é o Google Ads?

Criado em 1998, o Google Adwords – agora Ads – é um serviço de anúncios na web. Com ele, é possível criar campanhas em espaços de destaque nos resultados de busca do Google. Uma das maneiras mais eficientes de obter resultados em curto prazo na web, esse sistema possibilitou que as pequenas e médias marcas finalmente ganhassem um lugar ao sol.

O Google Ads funciona em um sistema de links patrocinados. Quando um usuário faz uma pesquisa no Google, ele recebe dois tipos de resultados: os orgânicos e os pagos, que nada mais são do que os anúncios comprados pelas marcas.

Além de ser uma importante vitrine para as marcas, anunciar no Google Ads é uma das maneiras mais eficazes para descobrir o que é relevante ao seu público-alvo e, assim, melhorar os resultados do seu site nas buscas orgânicas. Ao investir nesse tipo de campanha, o seu negócio vai alcançar as pessoas certas, no momento certo e oferecer as soluções ideais no momento da busca de um potencial cliente.

Quais as vantagens de anunciar no Google?

Agora que você já conhece um pouco mais sobre o Google Ads, deve estar se perguntando sobre as vantagens de anunciar no Google, não é mesmo?

Um dos diferenciais de maior destaque das campanhas do Google é a possibilidade de segmentação. Isso porque somente os usuários que estiverem procurando por um conteúdo semelhante ao seu vão ser impactados pela mensagem do seu anúncio.

Outro ponto positivo é o controle da mensagem. É você que cria a parte criativa do anúncio, escolhendo como quer falar com o seu público. É possível ainda medir o impacto da sua campanha em tempo real, editando o conteúdo ao longo do tempo e sempre que for necessário.

E embora o Google seja o maior sistema de links patrocinados do momento, ocupando o primeiro lugar em acessos na web, o serviço de publicidade oferecido pode ser comprado por todos os tipos de empreendedores. Isso porque é você quem delimita o orçamento da sua campanha.

Qual é o passo a passo para anunciar?

E agora? Como tudo isso funciona na prática? A seguir, listamos um passo a passo no qual mostraremos o que é preciso ser feito, desde a configuração da campanha, passando pela escolha dos grupos de anúncios, até a criação do anúncio com a escolha das palavras-chaves. Cada etapa é importante para o bom funcionamento da sua campanha, por isso, fique atento!

1. Crie sua conta

O primeiro passo para anunciar no Google é criar a sua conta de anúncios. Para isso, é preciso acessar a página do Ads. Se a sua empresa já tem uma conta de e-mail do Google, é só inserir os dados de login acessando o botão “acesse sua conta”. Caso contrário, clique em “comece agora” para se inscrever.

Após criar o seu perfil no Google Ads, é preciso inserir o link do site da empresa no campo indicado. A partir disso, você será direcionado para preencher as configurações de conta.

2. Faça as configurações iniciais

Nessa etapa, você deverá fazer as configurações iniciais da sua conta de anúncios. É preciso escolher um nome e o tipo de campanha que será realizado. O mais indicado é adotar a opção padrão. Assim, você vai aos poucos pegando familiaridade com a plataforma e evita erros.

Após concluir esse passo, role a página e acesse o menu "locais". Nele, você vai definir a segmentação geográfica do seu anúncio, ou seja, as regiões onde ele vai ser exibido. Por isso, fique atento! Uma escolha errada vai influenciar diretamente em seus resultados no Goole e pode fazer você desperdiçar recursos.

Abaixo da configuração de locais, defina o idioma da sua campanha. Especialistas no assunto recomendam a escolha do inglês e do português.

3. Escolha um tipo de anúncio

O terceiro passo do seu processo é escolher o tipo de anúncio que deseja fazer. Esse é o momento de entender os objetivos da campanha e o seu público-alvo, bem como encontrar as melhores estratégias e canais para alcançá-los.

O Google Ads trabalha com 5 opções de anúncios. São elas:

Rede de pesquisa

Opção queridinha dos anunciantes, a rede de pesquisa aparece nos resultados de buscas do Google por meio de um sistema de ranqueamento e leilão de palavras-chave com os demais anunciantes.

Rede de display

A rede de display publica os seus anúncios em sites e blogs parceiros do Google. Ao optar por esse modelo, é possível abranger quase toda a web, de acordo com a sua segmentação.

Google Shopping

Essa opção é indicada para empresas de e-commerce e, atualmente, trabalha com um baixo número de concorrência e grande especialização.

Vídeo

As campanhas de vídeo são uma integração entre Google e Youtube. Com ele, é possível promover vídeos publicados na rede, além de inserir anúncios em conteúdos variados.

Universal app

O Universal app foi desenvolvido para empresas que querem promover seus aplicativos. Ele permite publicar anúncios que direcionem ao download ou encorajam os usuários a acessarem um determinado programa já baixado.

4. Configure seu faturamento

O faturamento é um dos fatores mais importantes para anunciar no Google Ads. Por isso, essa etapa requer muita atenção e planejamento estratégico. Antes de configurar o seu faturamento, não é possível colocar nenhuma campanha no ar, pois é ele que vai definir os formatos de cobranças e pagamento das ações.

Existem duas maneiras de realizar pagamentos na plataforma de anúncios do Google: com um cartão de crédito ou por um boleto bancário. É possível ainda configurar as cobranças de forma manual ou automática, de acordo com as necessidades da sua empresa.

5. Escolha as palavras-chave

Outro ponto definidor da criação dos seus anúncios no Google é a escolha das palavras-chave. É preciso encontrar um termo que seja facilmente relacionado com o seu negócio, com potencial de ser buscado pelo usuário e que destaque a sua marca diante da concorrência.

Além disso, a plataforma trabalha com tipos de correspondência de termos variados, e você precisa encontrar a solução que apresente os melhores resultados a partir do objetivo da sua campanha. São eles: correspondência ampla, modificador de correspondência ampla, correspondência de frase, correspondência exata e correspondência negativa.

6. Configure grupos de anúncios

Após realizar as etapas listadas acima, você poderá agrupar suas campanhas em grupos de anúncios. Os anúncios são organizados de acordo com a relação das suas palavras-chave e, com isso, é possível ter um maior controle sobre as pesquisas e possibilidades de novas ações.

Pronto! Após preencher e salvar todos os campos solicitados e realizar as configurações indicadas, o seu anúncio já está pronto para ser lançado. Lembre-se de sempre mensurar os resultados obtidos. Assim, é possível continuar a otimizar as campanhas conforme o necessário.

E agora que você já conhece o passo a passo para começar a anunciar no Google, compartilhe este conteúdo em suas redes sociais e ajude seus amigos empreendedores a fazer campanhas de sucesso na web.