Contra fatos não há argumentos ou, pelo menos, a contestação é mais difícil. É como anunciar no Google, disparado o maior motor de busca já conhecido, registrando mais de 2 trilhões de pesquisas por ano em todo o mundo. Diante de um número tão astronômico, não dá para imaginar que um negócio sobreviva muito tempo sem anunciar em um canal assim.

Sendo incontestável a condição de liderança da empresa fundada por Larry Page e Sergey Brin, o melhor que se pode fazer é aderir à sua plataforma de anúncios, conhecida como Adwords. E se o orçamento anda apertado demais em sua empresa, não tem problema.

O Google tem soluções para pequenos negócios locais e com pouco ou nenhum conhecimento sobre marketing digital. Dá até para anunciar sem gastar nada! Veja a seguir como fazer.

É possível anunciar de graça no Google?

Talvez você tenha formado uma imagem do Google como uma plataforma em que só as grandes empresas obtêm resultados com anúncios. Tal como a antiga lógica publicitária que prevalece em mídias offline, manda sempre quem tem mais capital para investir, certo?

Nem tanto, e por um simples motivo. O Google se preocupa em aperfeiçoar constantemente seus algoritmos de busca, afinal, é essa a razão de ser da empresa. Por isso, vem cada vez mais se especializando em privilegiar, nos resultados, tudo que possa remeter a soluções locais.

Isso motivou o gigante das buscas Web a criar duas plataformas que, para PMEs, representam mais oportunidades de gerar resultados e a custo zero. São elas a rede social Google + e a plataforma “enxuta” de criação de sites Google Meu Negócio.

E por que valeria a pena criar uma página nessas plataformas?

Os caras do Google perceberam que uma fatia expressiva de pequenas e médias empresas, pela facilidade e gratuidade, estavam cada vez mais presentes no Facebook. No Brasil, em que esse perfil de negócio responde por 27% do PIB, deixar essa fatia do mercado de fora seria um tiro no pé.

Sendo assim, é melhor atrair as PMEs e aumentar ainda mais o tráfego orgânico do que deixar de fora todo um setor a ser satisfeito apenas pelo concorrente. Desta forma, ao criar um perfil no Google + ou um site simplificado no Google Meu Negócio, você mais ou menos está dizendo “Google, prefiro que você exiba esses perfis, em vez na minha página no Facebook, ok?”.

As vantagens, além da exibição destacada sempre que alguém pesquisar por termos relacionados ao seu negócio, é a facilidade de configuração e, claro, não custar nada. Assim, você poupa ao dispensar ajuda profissional e na hora de criar campanhas pagas. Bom, né?

Por que anunciar no Google Ads?

Claro que, por mais que anunciar de graça seja ótimo, existem nichos ou perfis de consumidor que exigem mais investimento para serem explorados. Perceba ainda que as soluções gratuitas, por mais que sejam aplicáveis a todo tipo de negócio, são mais indicadas a públicos locais.

Empresas que atuam em segmentos com elevada concorrência ou com clientes que apresentem ticket médio elevado podem e devem investir na plataforma paga, o Adwords. De qualquer forma, as PMEs locais também se beneficiam, e muito, ao investir nesta modalidade de anúncio digital.

Isso porque é possível agregar os benefícios de que as grandes empresas usufruem e, ao mesmo tempo, aproveitar o direcionamento local. Lembre-se de que o Google está cada vez mais atento às buscas geolocalizadas e não tem poupado esforços para atender a públicos bem específicos.

Ou seja, se você já ganha só por montar uma página nas plataformas gratuitas, ao investir no Adwords, seu retorno é multiplicado exponencialmente.

Quais são os benefícios de anunciar no Google Ads?

Além das vantagens já destacadas, ao aprender como anunciar no Google, você potencializa resultados porque só paga se as pessoas tiverem algum contato com seus anúncios. Você poderá ser cobrado a cada 1.000 anúncios visualizados (Custo Por Mil — CPM) ou quando alguém clicar neles (Custo Por Clique — CPC). Não parece atraente?

Qual é o passo a passo de anunciar no Google Ads?

Para configurar uma campanha, é preciso criar uma conta na plataforma Adwords, conforme as etapas descritas a seguir. No começo, pode parecer um pouco confuso, por isso, o ideal é seguir o passo a passo, começando pelo básico. Com o tempo, você poderá explorar de forma mais detalhada todos os recursos da plataforma de anúncios. Vamos lá?

Abra uma conta

Acesse a página do Google Adwords e crie uma conta. Se já tiver uma conta de Gmail, poderá utilizá-la, se preferir. Em seguida, deverá ser aberta uma página de boas-vindas, na qual você precisará inserir seu site. Preencha os dados, salve e prossiga.

Crie a campanha

A próxima tela é a que exibe as campanhas criadas ou em curso. Sendo a sua primeira vez no Adwords, naturalmente não vai aparecer nada. Clique no círculo azul com um símbolo de “+” ou em “Nova campanha”, na parte inferior da tela.

Selecione o tipo de anúncio

O Google Adwords mostra 5 opções de anúncios para configurar. São eles:

  • Rede de display — anúncios mostrados em outros sites e plataformas;
  • Rede de pesquisa — anúncios normalmente em texto, exibidos como resultado de buscas;
  • Vídeo — formato audiovisual, exibido também no Youtube;
  • Google Shopping — loja virtual do Google, em que mercadorias são exibidas;
  • Universal para Apps — voltada para quem quer anunciar aplicativos.

Estipule metas

Na sequência, você será direcionado à seção em que poderá determinar metas para sua campanha. Essas metas são pré-configuradas, ou seja, o próprio Adwords já mostra quais as que você poderá explorar. Ligar para a empresa, fazer compras no site ou visitas à sua página são as mais relevantes.

Prossiga na configuração, dando um nome para a campanha, se ela será exibida em outros sites, local, idioma, data de início e fim e, muito importante, o valor do lance. Para quem está dando os primeiros passos, a melhor opção é “Maximizar conversões”. Nela, o Google potencializa os resultados conforme o valor que você determinar.

Trabalhe com grupos de anúncios e palavras-chave

Como você deve ter reparado, há muitas possibilidades a serem exploradas na plataforma Adwords do Google. De qualquer forma, ao criar os textos dos seus anúncios, nunca deixe de utilizar palavras-chave que reflitam as intenções das buscas do seu público.

E se você trabalha com mais de um produto ou serviço, crie variações, de maneira que seus anúncios mostrem seu negócio como um todo. Para isso, use a ferramenta Keywords Planner, disponibilizada para anunciantes ao configurar uma campanha.

Após aprender como anunciar no Google, é importante que toda estratégia de marketing digital seja orientada para objetivos mensuráveis. Cliques e acessos são muito bem-vindos, mas só se gerarem o retorno esperado pelo seu investimento, certo?

E se você tem uma experiência para passar ou alguma dúvida, deixe um comentário. Teremos prazer em responder!